Todos temos uma história para contar
contando essas histórias fazemos sentido na vida

Cada autor tem a sua interpretação do mundo, uma marca pessoal que o distingue e o destaca. E ao encontrar o seu género e a sua voz cria uma identidade, uma visão da sociedade do seu tempo, as tendências do futuro, uma sensibilidade que serve de espelho para os outros, ou que os inspira, os motiva e que permite que se identifiquem emocionalmente com a história contada. O conteúdo agrega, amplifica e inspira.

O marketing e a comunicação de conteúdos nos mais diversos formatos e suportes são também a expressão global de ideias, valores, crenças, bem como a criação de audiências e comunidades através da construção de uma identidade e de um objetivo definidos. E esta missão de alcançar os outros, de encontrar um sentido e um caminho para aquilo que somos e a quem queremos chegar, tanto vale para autores como para marcas, instituições privadas ou públicas, figuras anónimas ou personalidades de destaque na sociedade, que queiram criar e valorizar a sua história sobre temas tão variados como a cultura, entretenimento, sociedade, liderança, comportamento ou tendências no consumo, alimentação, saúde e bem-estar.

“Quando lemos grandes livros, pensamos juntamente com os seus escritores, e isso é um milagre”, escreveu o autor americano Kurt Vonnegut. Porque a palavra é a forma de nos aproximarmos dos outros, de tocarmos alguém, de nos darmos a conhecer – a ferramenta de comunicação fundamental.

“Um livro deve ter a vida inteira entre a capa e a contracapa”, disse o escritor António Lobo Antunes. Hoje, um conteúdo não é apenas um objeto impresso. Da mensagem ao design, passando pela promoção nos media, o marketing online, as redes sociais ou a realização de eventos, cada conteúdo é um amplo e competente portal de comunicação. Sejam em papel, audiovisual ou em formato digital, os conteúdos são a forma de comunicação por excelência, saltando fronteiras, classes, diferenças e unindo pessoas com o poder abrangente dos seus temas universais. A palavra revela e molda a realidade. A palavra aproxima.

José Saramago escreveu que “Todos temos necessidade de dizer quem somos e o que é que estamos a fazer e a necessidade de deixar algo feito. Porque deixar coisas feitas pode ser uma forma de eternidade”.

Todos temos uma história para contar.

Qual é a tua?


Quando lemos grandes livros,
pensamos juntamente com os seus
escritores, e isso é um milagre.
Kurt Vonnegut
Um livro deve ter a vida inteira
entre a capa e a contracapa.
António Lobo Antunes
Todos temos necessidade de dizer
quem somos e o que é que estamos
a fazer e a necessidade de deixar
algo feito. Porque deixar coisas feitas
pode ser uma forma de eternidade.
José Saramago